PLANO DE CIDADE POSICIONAMENTOS PÚBLICOS

Prêmio Nicola Tornatore

O que é o prêmio?

Em 2018, o Instituto Ribeirão 2030 lançou o Troféu Nicola Tornatore, entregando a primeira premiação, de maneira simbólica, para o filho do jornalista que dá nome ao prêmio (leia mais abaixo). No ano seguinte foi lançado oficialmente o Prêmio Jornalístico Nicola Tornatore, com edições replicadas em 2020, 2021 e 2022.

O prêmio tem como mote valorizar reportagens que abordem os seguintes temas: corrupção, transparência, ineficiência no uso de recursos públicos e controle social no município de Ribeirão Preto. A avaliação é feita por um grupo de jurados multidisciplinar, com membros das universidades e entidades representativas locais.

O Instituto lançou o prêmio tendo como norte o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 16, que trata de “reduzir substancialmente a corrupção e o suborno”, “desenvolver instituições eficazes, responsáveis e transparentes” e “garantir a tomada de decisão responsiva, inclusiva, participativa e representativa”.

3º Prêmio Jornalístico Nicola Tornatore

edição 2022

As inscrições serão abertas no dia 20 de maio de 2022, com encerramento no dia 20 de junho de 2022 às 23h59 e devem ser feitas exclusivamente pelo e-mail:
projetos@ribeirao2030.com.br.

Quem foi Nicola?

Nicola Tornatore trabalhou por três décadas no jornalismo, atuando em veículos como os jornais A Cidade e Tribuna. Ele morreu em junho de 2018, aos 52 anos, vítima de parada cardiorrespiratória. Meses antes, publicou no jornal Tribuna uma série de reportagens sobre os supersalários pagos pela Câmara de Ribeirão Preto.

Ele também é autor de livros como “Crimes na Pequena Paris”, “Adelaide: A história da parteira de 12.630 bebês”, “RMRP – A História da Região Metropo­litana de Ribeirão Preto” e “A Origem das Cidades”.

Vencedores

Em 2019, a reportagem vencedora foi do Portal Revide, que abordou a censura praticada pelas redes sociais oficiais da prefeitura de Ribeirão Preto. Em segundo lugar ficou o trabalho do G1 tratando do aumento real de 62% nos gastos com funcionalismo em Ribeirão Preto entre 2009 e 2018. Em terceiro matéria da CBN, tratando das 140 obras estão paradas ou atrasadas na região de Ribeirão Preto.

Em 2020, duas reportagens abordando a pandemia do novo Coronavírus venceram: o Portal Revide tratou de dados oficiais desatualizados, camuflando o cenário pandêmico, e o Portal Thathi investigou a “farra das ambulâncias”, em contratos posteriormente investigados pela Polícia Federal.

© 2021 Instituto Ribeirão 2030. Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Inova House