O Instituto Ribeirão 2030 atua para transformar a realidade de Ribeirão Preto seguindo os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Para isso, realizamos diagnósticos para conhecer a realidade local das metas globais. Clique nos ODS abaixo para acessar os levantamentos já realizados pelo Instituto em cada um deles.

Você também pode acessar a versão digital da revista com os diagnósticos.
 

OBJETIVO 1 | ERRADIÇÃO DA POBREZA

Cadastro do Governo Federal aponta que ao menos 35,5 mil pessoas vivem, sem considerar os benefícios sociais, com menos de R$ 5,90 ao dia em Ribeirão Preto. Os dados, de novembro de 2018, computam 7,5 mil famílias consideradas extremamente pobres.

OBJETIVO 2 | FOME ZERO E AGRICULTURA SUSTENTÁVEL

Ainda realidade em Ribeirão Preto, alimentação precária afeta principalmente crianças. Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional alerta que 28% dos bebês acompanhados pela saúde pública podem não ter diversidade alimentar no município.

OBJETIVO 3 | SAÚDE E BEM ESTAR

Ribeirão Preto possui indicadores considerados de referência, mas ainda tem muito a melhorar. Um dos pilares da prevenção, Estratégia Saúde da Família abrange apenas 22% da população e fila de espera por exames e consultas pode passar de dois anos.

OBJETIVO 4 | EDUCAÇÃO DE QUALIDADE

Entre as escolas melhor e pior avaliadas, Ribeirão Preto revela desigualdades: enquanto em uma unidade 93% dos alunos do 5º ano aprendem adequadamente português, em outra a proporção cai para 35%.

OBJETIVO 5 | IGUALDADE DE GÊNERO

Violência doméstica, desigualdades salariais e baixa representatividade política são desafios para a igualdade de gênero no município.

OBJETIVO 6 | ÁGUA POTÁVEL E SANEAMENTO

Ribeirão é exemplo nacional positivo em esgoto e negativo em vazamentos de água. De cada dez litros extraídos do Aquífero Guarani, quatro se perdem na rede de distribuição.

OBJETIVO 7 | ENERGIA LIMPA E ACESSÍVEL

Acesso à energia elétrica é praticamente universal na cidade, embora em alguns casos ocorra por ligações clandestinas em ocupações irregulares. Desafio é aumentar a eficiência e sustentabilidade do consumo e geração.

OBJETIVO 8 | TRABALHO DECENTE E CRESCIMENTO ECONÔMICO

Crise econômica brasileira derrubou a taxa de crescimento do PIB de Ribeirão Preto e extinguiu 10,3 mil postos de trabalho em dois anos. Políticas para geração de emprego e renda e regularização do trabalho informal são metas.

OBJETIVO 9 | INDÚSTRIA, INOVAÇÃO E INFRAESTRUTURA

Peso do setor industrial no PIB passou de 19% para 15% em quinze anos em Ribeirão Preto. Desafio é fomentar inovação e atividades tecnológicas. No município, o Parque Tecnológico é exemplo positivo, com faturamento de R$ 16,2 milhões em 2018.

OBJETIVO 10 | REDUÇÃO DAS DESIGUALDADES

Entre 1991 e 2010, os indicadores de desigualdade entre ricos e pobres em Ribeirão ficaram praticamente estáveis. No município, o rendimento médio de um morador na zona Sul chega a ser 23 vezes superior ao de um habitante da zona Norte.

OBJETIVO 11 | CIDADES E COMUNIDADES SUSTENTÁVEIS

Cerca de 44 mil pessoas vivem em favelas ou ocupações irregulares em Ribeirão Preto (dados de 2017). A prefeitura diz que deu início ao maior programa de regularização fundiária da história da cidade, com meta de beneficiar ao menos 28 mil pessoas, além de incentivar a construção de casas populares.

OBJETIVO 12 | CONSUMO E PRODUÇÃO RESPONSÁVEIS

Em 2017, apenas 0,23% do lixo comercial e doméstico coletado em Ribeirão Preto foi recuperado para reciclagem. Em Sorocaba, cidade de porte semelhante, o indicador foi sete vezes superior. Historicamente, a coleta seletiva ribeirão-pretana alcança baixos indicadores.

OBJETIVO 13 | AÇÃO CONTRA A MUDANÇA GLOBAL DO CLIMA

Ribeirão Preto enfrenta problemas com alagamentos e enchentes, que podem se agravar com mudanças climáticas. Estudo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas divulgado em 2018 apontou sete áreas na cidade com risco à integridade física das pessoas pela ação das águas.

OBJETIVO 14 | VIDA NA ÁGUA

Apesar dos avanços nas últimas décadas, os rios e córregos que integram a Bacia Hidrográfica do Pardo ainda recebem, todos os dias, cerca de 15,5 toneladas de esgoto. Desafio é avançar com estações de tratamento de resíduos e coibir irregularidades no despejo.

OBJETIVO 15 | VIDA TERRESTRE

A Estação Ecológica de Ribeirão Preto, principal área de conservação ambiental da cidade, tem 154 hectares, o equivalente a 215 gramados do estádio do Maracanã. Em 2014 ela sofreu dois incêndios, que destruíram 63% de seu território. Cinco anos depois, apenas 10 hectares foram recuperados.

OBJETIVO 16 | PAZ, JUSTIÇA E INSTITUIÇÕES EFICAZES

Embora o Brasil tenha uma taxa de homicídios três vezes superior ao mínimo recomendado pela ONU, Ribeirão Preto tem indicadores positivos. Mesmo assim, a população sofre com violência urbana, como furtos e roubos.

OBJETIVO 17 | PARCERIAS E MEIOS DE IMPLEMENTAÇÃO

Para a Agenda 2030 ser alcançada, é necessário formar parcerias para implementar com sucesso as ações. O Instituto Ribeirão 2030 auxiliou na criação de um Pacto pela Educação e na constituição de um Comitê de Transparência em Ribeirão Preto, além de estar atendo à saúde financeira da prefeitura: município é um dos que mais gasta com folha de pagamento no País.