Atrasada, Ribeirão precisa avançar na transparência